Se você tem um carro em seu nome e está precisando de um dinheiro extra, já ouviu falar em refinanciamento? Nesse tipo de empréstimo, você pega o dinheiro e dá o seu carro como garantia de pagamento. Ou seja, se você deixar de pagar as parcelas, pode perder o veículo para o banco.

Como vantagem, os juros costumam ser menores do que os juros de um empréstimo comum, e este é um dos motivos para você saber mais sobre o

1. Quanto consigo pegar emprestado em um refinanciamento de veículos?

Depende do modelo e ano do seu carro. Geralmente, os bancos e financeiras não costumam aceitar veículos com mais de 10 anos de uso. Isso que dizer que, se você tem um carro mais novo e mais caro, provavelmente conseguirá um empréstimo alto. A avaliação é feita de acordo com os valores da tabela Fipe.

2. O carro precisa estar quitado?

Não necessariamente. Algumas empresas aceitam fazer o refinanciamento mesmo que o carro ainda não esteja totalmente pago. Nesse caso, parte do empréstimo serve para pagar a dívida que falta enquanto a outra parte vai para o proprietário do veículo, que pode usar o dinheiro como quiser.

3. Posso fazer um refinanciamento com o nome sujo?

Depende, mas você pode tentar. O que pode acontecer é o banco desistir de emprestar o dinheiro por achar que você não conseguirá pagar o empréstimo.

4. Qual a taxa de juros cobrada no refinanciamento de veículos?

Ela muda de acordo com o modelo e o ano do carro que você vai dar como garantia. Mas saiba que os juros do refinanciamento são mais baixos do que em outros tipos de empréstimo. Veja só: enquanto o cartão de crédito e o cheque especial têm taxas médias de 9% e 7% ao mês*, é possível fazer um refinanciamento com juros pela metade.

5. Por que os juros do refinanciamento de veículos são menores?

Porque o banco leva o bem como garantia se você deixar de pagar o que deve. Com isso, ele garante que não terá prejuízos e cobra uma taxa menor do que cobraria em outro empréstimo.

6. Posso usar o dinheiro que eu peguei emprestado como quiser?

Sim. Este empréstimo vale para quem quer reformar a casa, viajar, ampliar o negócio próprio ou pagar outras dívidas mais caras, por exemplo.

7. O carro que dei como garantia ficará no nome de quem?

O veículo continuará em seu nome, mas alienado ao banco ou financeira onde você fez o refinanciamento. Isso quer dizer que ele está como garantia do banco. O carro só sai dessa situação quando você quita o empréstimo.

Deixe a gente refinanciar seu veículo !!!